SICSUPORTE PARENTÉRICO

O suporte parentérico a longo prazo (SP; NP/IV) é usado em doentes que não conseguem absorver nutrientes e fluidos suficientes através da ingestão oral, como ocorre no caso da síndrome do intestino curto com falência intestinal (SIC-FI).1,2

Ao contrário da nutrição entérica, o SP fornece nutrientes e fluidos diretamente por via intravenosa, contornando o normal processo de absorção e digestão dos alimentos.1,2

O SP é um método essencial de suporte nutricional, pois pode garantir a sobrevivência dos doentes com SIC-FI.2
O SP pode ser administrado no hospital ou em casa (suporte parentérico domiciliário; SPD). O SPD está disponível em alguns países.

VIAS DE ADMINISTRAÇÃO DE SP

  • Uso de SP de curto a médio prazo
    Um cateter central de inserção periférica (PICC) é recomendado para uso a curto/médio prazo.3
  • Uso de SP a longo prazo
    O cateter de Hickman, o cateter de Broviac ou cateter com porta são usados principalmente para administrar SP de longa duração a doentes com SIC-


Figura 3.
Vias de administração recomendadas para o uso de SP de curto a médio prazo e para o uso de SP a longo prazo.

COMPLICAÇÕES E LIMITAÇÕES DO SUPORTE PARENTÉRICO

Embora o suporte parentérico (SP; NP/IV) seja uma terapia essencial para a vida dos doentes com SIC-FI, o seu uso a longo prazo está associado a complicações graves e limitações.1–4

MENOR QUALIDADE DE
VIDA DO DOENTE3

MORBILIDADE E
COMPLICAÇÕES3

CUSTOS ELEVADOS PARA
OS SISTEMAS DE SAÚDE4

O SP de longa duração limita a liberdade dos doentes com SIC-FI, pois interfere com o seu sono, capacidade de trabalhar, viajar e manter uma vida social.2,5 Os doentes que não conseguem reduzir gradualmente o uso de SP no espaço de 2 anos após a sua última ressecção intestinal, poderão ter de ser mantidos com esta terapêutica por toda a vida.6 Para os doentes com SIC-FI, isto significa poder estar ligado a SP por via intravenosa durante 12 horas por dia, 5–7 vezes por semana.7

COMPLICAÇÕES DA SIC-FI ASSOCIADAS AO SP1–4

<p>RELACIONADAS COM ALTERA&Ccedil;&Otilde;ES DA ANATOMIA INTESTINAL</p>

Crescimento bacteriano exacerbado
Doença óssea metabólica
Insuficiência renal

<p>RELACIONADAS COM A COMPOSI&Ccedil;&Atilde;O DO SP</p>

Doença hepatobiliar
Deficiências de oligoelementos e/ou vitaminas
Toxicidade de manganês

CATHETER-ASSOCIATED

Infeções
Oclusões
Trombose da veia central


Figura 4
. O uso de suporte parentérico (SP; NP/IV) na SIC-FI está associado a múltiplas complicações.

Além disso, o tratamento com SP pode levar a complicações, como infeções associadas a cateteres, sepsis, insuficiência renal e hepática.1–4,8
As infeções relacionadas com o cateter são a complicação mais comum associada ao uso de SP, sendo responsáveis por 61% das hospitalizações de doentes comp SIC-FI.1,8

As complicações causadas pelo suporte parentérico são responsáveis por metade das hospitalizações de doentes com SIC-FI, com um estudo a mostrar que, num período de 12 meses, os doentes hospitalizados passaram em média 23 dias no hospital.8

Data de preparação: abril de 2021 C-ANPROM/PT/REV/0010